Museu da Ci�ncia - Universidade de Coimbra

O Côco das Seicheles

Para além da morfologia peculiar, que características únicas tem esta espécie? De onde é nativa e onde se pode observar em Coimbra?

O côco-do-mar é a maior semente do mundo (pesa 15 a 20kg). É produzido por uma palmeira (Lodoicea maldivica) dioica (sexos diferentes em plantas diferentes) e endémica (ocorre em área geográfica exclusiva) das ilhas Seicheles. Durante muitos anos, os navegadores pensavam que crescia no fundo do mar, uma vez que só o encontravam a flutuar.

A floresta natural de côco-do-mar na Reserva do Vallée de Mai (ilha de Praslin) foi inscrita pela UNESCO em 1984 na lista dos sítios que constituem Património Mundial.

Em Coimbra, o côco-do-mar pode observar-se no Gabinete de Curiosidades do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra

Côco das Seicheles
Bot.01136

 

 

Mais informações

Este objeto encontra-se em exibição no Gabinete de Curiosidades.


Apoio:



Eventos relacionados


Objeto do mês - 2022
1 de Janeiro a 31 de Dezembro, 2022

O "X" do raio
1 a 31 de Janeiro, 2022

Os hemisférios de Magdeburgo
1 a 28 de Fevereiro, 2022

A Pilha de Volta
1 a 31 de Março, 2022

Uma concha de Nautilus
1 a 30 de Abril, 2022

Leopardo, um verdadeiro atleta
1 a 31 de Maio, 2022

O Microscópio de Jacob de Castro Sarmento
1 a 30 de Junho, 2022

Em busca da Vaca-ruiva “perdida”
1 a 31 de Julho, 2022

Um Bastão de Autoridade
1 a 31 de Agosto, 2022

O analisador de som de Rudolph Koenig
1 a 31 de Outubro, 2022

MÁSCARA JURUPIXUNA
1 a 30 de Novembro, 2022